Ação Econômica e Religião: Igrejas como Empreendimentos no Brasil



Artigo principal Conteúdo

Victor Silva Corrêa
Gláucia Maria Vasconcellos Vale

Resumo

O Brasil tem presenciado, nas últimas décadas, transformações radicais na sua composição religiosa, com grande proliferação de igrejas evangélicas, que competem entre si, adotando uma postura ativa e mobilizadora, típica de empreendimentos produtivos. O presente trabalho procura analisar algumas dimensões dessa realidade, à luz de proposições presentes na abordagem da Escolha Racional da Religião, ainda pouco explorada no Brasil. Com isto, deixa claro, para estudiosos da administração, até então ausentes na área, a importância e escala do fenômeno observado, assim como a pertinência do novo aparato teórico.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Corrêa, V. S., & Vale, G. M. V. (1). Ação Econômica e Religião: Igrejas como Empreendimentos no Brasil. Revista De Administração Contemporânea, 21(1), 1-18. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2017150144
Seção
Artigos