História de Vida e Trajetórias Profissionais: Estudo com Executivos Brasileiros



Artigo principal Conteúdo

Lisiane Quadrado Closs
Sidinei Rocha-de-Oliveira

Resumo

A noção de carreira tem, por natureza, uma constituição interdisciplinar, congregando a visão do indivíduo, da organização e da sociedade. Entretanto, apesar dos avanços nas discussões sobre o tema, estudos recentes revelam limites das teorias utilizadas, conclamando a necessidade de maior interdisciplinaridade (Arthur, 2008; Chudzikowski & Mayrhofer, 2011; Khapova & Arthur, 2011; Lawrence, 2011). Visandocontribuir para a interdisciplinaridade nos estudos de carreira, o presente artigo tem como objetivo apresentar e ilustrar o potencial do uso de histórias de vida analisando as influências e os limites às trajetórias profissionais de sete executivos brasileiros por meio desse método. Os resultados são apresentadosem duas grandes categorias de análise: (a) influências do contexto nas carreiras, envolvendo: mudanças no cenário econômico e organizacional brasileiro, maior concorrência e necessidade de aprofundar conhecimentos em face à globalização, demanda por mobilidade, e discriminação de gênero; (b) momentos da vida e escolhas profissionais, incluídos aspectos individuais das trajetórias, tais como: valores da família, escolha do curso de graduação, ingresso no mercado de trabalho e nascimento dos filhos.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Closs, L. Q., & Rocha-de-Oliveira, S. (1). História de Vida e Trajetórias Profissionais: Estudo com Executivos Brasileiros. Revista De Administração Contemporânea, 19(4), 525-543. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac20151951
Seção
Artigos