Avaliação do risco regulatório em pesquisa & desenvolvimento no setor elétrico brasileiro



Artigo principal Conteúdo

José Luiz Pereira Brittes
Sergio L. M. Salles-Filho
Mariana Savedra Pfitzner

Resumo

O artigo propõe metodologia de avaliação ex-ante de projetos de P&D&I do setor elétrico, incorporada a uma ferramenta de análise multicritério, com foco em risco. A P&D do setor elétrico é regulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e obriga as empresas a investirem parte de sua Receita Operacional Líquida (ROL) em P&D&I. A imposição de P&D&I ao setor levou suas empresas a buscarem formas de alocar recursos em projetos que tentam harmonizar o contexto regulatório com seus direcionadores de mercado, forçando-as a estruturarem em suas rotinas uma gestão da inovação que mitigasse riscos regulatórios. Uma forma de se viabilizar essa mitigação é o uso de metodologias de seleção de projetos capazes de ponderar múltiplos elementos, de certo modo, antagônicos. A PiTech, Prioritization in Technology, é uma ferramenta de análise multivariada paramétrica, flexível e propícia a essa ponderação. Neste artigo, aplicaram-se critérios operacionais, mercadológicos e regulatórios, em múltiplas combinações, para 19 projetos de um grupo empresarial de energia elétrica. A ferramenta mostrou-se útil ao permitir aos tomadores de decisão verificarem a pertinência de investimento em 16 projetos, totalizando R$ 61 milhões em 2010, com riscos de glosa minimizados e concomitante aderência a interesses empresariais.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Brittes, J. L. P., Salles-Filho, S. L. M., & Pfitzner, M. S. (2015). Avaliação do risco regulatório em pesquisa & desenvolvimento no setor elétrico brasileiro. Revista De Administração Contemporânea, 19(2), 193-211. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac20151171
Seção
Artigos