Gestão do transporte orientada para os clientes: nível de serviço desejado e percebido



Artigo principal Conteúdo

Ricardo Silveira Martins
Wescley Silva Xavier
Osmar Vieira de Souza Filho
Guilherme Silveira Martins

Resumo

A gestão do transporte é tradicionalmente abordada na literatura como processo e seu fluxo, contextualizada em sua performance operacional e custos. Neste artigo, o transporte é analisado enquanto gestão de serviços, procurando entender aspectos comportamentais da demanda dos embarcadores. Foi realizado um survey com 400 embarcadores industriais brasileiros de pequeno e médio portes. A diferenciação das características dos serviços, segundo os clientes, foi obtida por Análise Fatorial. Os resultados indicaram que os construtos dos serviços de transporte mais valorizados pelas empresas embarcadoras foram, na ordem, Segurança, Confiabilidade, Tempo, Preço, Atendimento às necessidades especiais dos clientes e Relação com o cliente, ou seja, os embarcadores manifestaram maior interesse na eficácia do serviço. Desta forma, os embarcadores esperam que o desempenho do transporte por si reforce o relacionamento com seus clientes. Adicionalmente, foram detectadas diferenças nas prioridades, conforme os agrupamentos orientados pelas características dos clientes. A importância atribuída aos construtos Segurança e Confiabilidade pode também ajudar a compreender a razão de muitas empresas manterem frota própria ou instituírem contratos para a movimentação de seus produtos.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Martins, R. S., Xavier, W. S., Souza Filho, O. V. de, & Martins, G. S. (1). Gestão do transporte orientada para os clientes: nível de serviço desejado e percebido. Revista De Administração Contemporânea, 15(6), 1100-1119. https://doi.org/10.1590/S1415-65552011000600008
Seção
Artigos