Accounting conservatism in Portugal: similarities and differences facing Germany and the United Kingdom



Artigo principal Conteúdo

Leonor Fernandes Ferreira
Juan Manuel García Lara
Tiago Gonçalves

Resumo

Este trabalho analisa a existência de conservadorismo nas práticas contabilísticas das empresas e em que termos ele afecta a comparabilidade da informação financeira. Examina o conservadorismo evidenciado no balanço e na demonstração dos resultados, designadamente se práticas conservadoras que visem proteger os interesses dos credores sobreavaliam o valor contabilístico (Feltham & Olhson, 1995), e se os contabilistas adiam o reconhecimento de ganhos, ou boas notícias, enquanto reconhecem de imediato as perdas, ou más notícias (Basu, 1997). Seleccionou-se uma amostra de empresas não financeiras cotadas, tendo-se recolhido dados contabilísticos e de mercado de empresas portuguesas, alemãs e do Reino Unido. Conclui-se existir em Portugal os dois tipos de conservadorismo referidos nas demonstrações contábeis. Os resultados indicam um enviesamento de conservadorismo induzido pela divulgação de notícias sobre resultados das empresas maior no Reino Unido do que em Portugal e na Alemanha, e, o conservadorismo no balanço, aferido por uma maior sobrevalorização dos capitais próprios, é superior em Portugal ao que se observa no Reino Unido. Estes resultados têm implicações para quem regulamenta a contabilidade e têm utilidade pois ajudam a conhecer as propriedades das cifras contabilísticas.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Ferreira, L. F., García Lara, J. M., & Gonçalves, T. (1). Accounting conservatism in Portugal: similarities and differences facing Germany and the United Kingdom. Revista De Administração Contemporânea, 11(spe2), 163-188. https://doi.org/10.1590/S1415-65552007000600009
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Juan Manuel García Lara, Universidad Carlos III de Madrid Departamento de Economía de la Empresa

PhD em Contabilidade pela Universidad de Valencia, Spain. Professor Titular (Professor Associado) da Universidad Carlos III de Madrid, Spain. Sua área de interesse em pesquisa é Contabilidade Financeira

Tiago Gonçalves, Universidade Técnica de Lisboa

Mestre em Gestão pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa, Professor Assistente da Universidade Técnica de Lisboa. Suas áreas de interesse em pesquisa são Contabilidade Financeira e Mercados de Capitais