Multinationals and interdependence in internationalisation processes



Artigo principal Conteúdo

Sérgio Fernando Loureiro Rezende

Resumo

Trata-se, neste artigo, de interdependência e processos de internacionalização de multinacionais; um assunto pouco estudado na literatura de internacionalização (ver, por exemplo, Bell & Young, 1998; Holm et al., 1995). Baseado em revisão de literatura sobre modelos comportamentais de internacionalização, inicialmente sugere-se, neste artigo, que multinacionais podem ser entendidas como sistemas do tipo loosely coupled, nos quais a independência e a interdependência de suas operações moldam como essas firmas organizam atividades nos diversos mercados que operam. Posteriormente, modela-se o processo de internacionalização de multinacionais por meio de três dimensões que caracterizam o seu padrão evolutivo - uniformidade, direção e ritmo, e sugere-se três hipóteses sobre a relação entre essas dimensões e interdependência. A relação é considerada negativa, ou seja, em condições ceteris paribus, interdependência é negativamente relacionada à uniformidade, à direção e ao ritmo de processos de internacionalização. Conclui-se o artigo, chamando atenção para o fato de que a internacionalização de multinacionais resulta de uma intricada combinação de inúmeros processos de internacionalização que são simultaneamente independentes e interdependentes e que, portanto, evoluem em diversos contextos espaciais e temporais da rede da multinacional.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Rezende, S. F. L. (2018). Multinationals and interdependence in internationalisation processes. Revista De Administração Contemporânea, 10(spe), 9-31. https://doi.org/10.1590/S1415-65552006000500002
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Sérgio Fernando Loureiro Rezende, PUC-Minas Programa de Pós-Graduação; Fundação Dom Cabral

Doutor em Marketing pela Lancaster University, UK. Professor do Programa de Pós-Graduação da PUC-Minas / Fundação Dom Cabral. Suas áreas de interesse em pesquisa são internacionalização e redes industriais