Planejamento estratégico de tecnologia para PMEs: o caso de empresa de autopeças no Rio Grande do Sul



Artigo principal Conteúdo

Paulo Antônio Zawislak
Luis Felipe Nascimento
Thaise Graziadio

Resumo

O trabalho tem por objetivo testar as características de um instrumento de gestão estratégica aplicado a uma empresa do setor de autopeças, de médio porte, no Estado do Rio Grande do Sul. O planejamento estratégico de tecnologia possibilita o levantamento das características tecnológicas da empresa e a identificação de pontos fracos no seu comportamento. Neste estudo de caso foram investigadas as seguintes etapas do instrumental: definição do problema, mapeamento do ambiente externo, análise da capacidade tecnológica, transformação de informações em soluções, definição da estratégia tecnológica e, finalmente, desenvolvimento e controle de projetos. Verificou-se que a empresa realiza praticamente todas as fases do planejamento estratégico, mas de maneira bastante informal; somente a fase de projetos é estruturada. Uma pessoalidade permeia as relações internas, o fluxo de informações subexiste pelo mérito das pessoas e não de um sistema. Este fenômeno só vem a reforçar a informalidade tecnológica, mesmo que relativa, da empresa.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Zawislak, P. A., Nascimento, L. F., & Graziadio, T. (1). Planejamento estratégico de tecnologia para PMEs: o caso de empresa de autopeças no Rio Grande do Sul. Revista De Administração Contemporânea, 2(3), 27-43. https://doi.org/10.1590/S1415-65551998000300003
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Paulo Antônio Zawislak, Universidade de Paris VII

Doutor em Ciências Econômicas pela Universidade de Paris VII, França. Professor Adjunto do Núcleo de Gestão da Inovação Tecnológia do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Suas áreas de interesse em pesquisa são gestão estratégica de tecnologia, cooperação tecnológica e economia da inovação. 

Luis Felipe Nascimento, Universidade de Kassel

Doutor em Economia e Meio Ambiente pela Universidade de Kassel, Alemanha, e Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Maria. Professor Adjunto do Núcleo de Gestão da Inovação Tecnológica do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Suas áreas de interesse em pesquisa são gestão ambiental na empresa, ISO 14000, tecnologias limpas, competitividade, inovação. 

Thaise Graziadio, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com interesse de pesquisa na área de planejamento e gestão de ciência e tecnologia.