Cultura e comprometimento organizacional em empresas hoteleiras



Artigo principal Conteúdo

Évora Mandim Ribeiro Naves
Marilia Ferreira Dela Coleta

Resumo

Trata-se de uma pesquisa de campo que analisa a relação dos tipos de cultura organizacional presentes em algumas empresas hoteleiras com a natureza do vínculo estabelecido entre indivíduo e organização. O campo de pesquisa foi um grupo de hotéis convencionais da cidade de Uberlândia. O grupo de variáveis independentes do modelo proposto compreendia variáveis pessoais/profissionais e os tipos de cultura organizacional. A variável dependente era representada pelas três dimensões do comprometimento. Utilizou-se, além da estatística descritiva, análise de correlações e regressão múltipla. Os resultados indicaram a existência de relação dos tipos de cultura com os tipos de comprometimento. A cultura de função é o principal preditor do comprometimento normativo e instrumental e a cultura de tarefa é o principal preditor do comprometimento afetivo.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Naves, Évora M. R., & Dela Coleta, M. F. (1). Cultura e comprometimento organizacional em empresas hoteleiras. Revista De Administração Contemporânea, 7(spe), 205-222. https://doi.org/10.1590/S1415-65552003000500011
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Évora Mandim Ribeiro Naves, Centro Universitário do Triângulo

Mestre em Administração pelo Centro Universitário do Triângulo. Professora dos Cursos de Administração e de Turismo e Hotelaria do Centro Universitário do Triângulo. Suas áreas de interesse em pesquisa são cultura organizacional, comprometimento, comportamento organizacional em turismo e hotelaria.

Marilia Ferreira Dela Coleta, Universidade de Brasília

Doutora em Psicologia Social pela Universidade de Brasília. Professora da Faculdade de Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia. Suas áreas de interesse em pesquisa são liderança e cultura organizacional, motivação e desenvolvimento pessoal, bem-estar subjetivo e aspectos psicossociais da saúde.