Os fatores que motivam a adoção da terceirização da Tecnologia de Informação: uma análise do setor industrial de São Paulo



Artigo principal Conteúdo

Edmir Parada Vasques Prado
Hiroo Takaoka

Resumo

O objetivo desse artigo é identificar os principais fatores que motivam a terceirização de serviços da área de Tecnologia de Informação. O texto apresenta inicialmente a definição utilizada de terceirização e um modelo de referência útil para a sua avaliação. Em seguida se apresenta a metodologia de pesquisa, a descrição das variáveis e os resultados da pesquisa. No final são apresentadas as conclusões do trabalho. Para atingir esses objetivos foram pesquisadas 100 empresas do setor industrial do Estado de São Paulo. Utilizou-se um modelo de pesquisa com 39 variáveis, que foram resumidas em 7 fatores principais, por meio da utilização da técnica estatística de análise fatorial. Esses fatores são: redução de custo, acesso ao conhecimento e à tecnologia, gestão de recursos humanos, atividades rotineiras, prestação de serviços, flutuação de mão-de-obra e atividades com alto grau de particularidade.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Prado, E. P. V., & Takaoka, H. (1). Os fatores que motivam a adoção da terceirização da Tecnologia de Informação: uma análise do setor industrial de São Paulo. Revista De Administração Contemporânea, 6(3), 129-147. https://doi.org/10.1590/S1415-65552002000300009
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Edmir Parada Vasques Prado, Universidade de São Paulo

Mestre e Doutorando em Administração de Empresas na Universidade de São Paulo. Professor do Departamento de Administração da Universidade Mackenzie, além de Gerente de Tecnologia de Informação da Elekeiroz S/A. Suas áreas de interesse em pesquisa são terceirização da tecnologia de informação, gestão da tecnologia de informação.

Hiroo Takaoka, Universidade de São Paulo

Doutor em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo. Professor do Departamento de Administração da Universidade de São Paulo, além de Supervisor de Projetos da Fundação Instituto de Administração e Consultor de Empresas na área de informática. Suas áreas de interesse em pesquisa são administração da função informática, metodologia de desenvolvimento de sistemas de informação, modelagem de dados, impactos da informação nas organizações, administração japonesa.