Uma Análise Comparativa dos Fatores de Rejeição nos Periódicos de Diferentes Estratos de Administração



Artigo principal Conteúdo

Manuel Portugal Ferreira
Christian Falaster

Resumo

A publicação de artigos científicos é um dos requisitos impostos aos pesquisadores brasileiros e contribui decisivamente para a reputação, mobilidade e benefícios financeiros destes. Para aferir a qualidade das publicações, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) criou o Sistema Qualis, que classifica os periódicos em oito estratos – de A1 (mais alto) a C (mais baixo), inferindo diferenças de qualidade dos artigos a partir dos estratos dos periódicos em que são publicados. Este artigo examina as falhas e as lacunas que representam fatores para a rejeição de artigos submetidos aos periódicos de Administração, comparando os motivos de rejeição entre periódicos de diferentes estratos. Metodologicamente, realizamos um estudo empírico com dados obtidos por questionário junto a 82 editores de periódicos de Administração. Contrariamente às expectativas, os resultados não deixam evidentes diferenças muito significativas nas lacunas que levam à rejeição de artigos entre periódicos de diferentes estratos. Este artigo tem contribuições e implicações para pesquisadores, editores e agências reguladoras. Vale destacar que o leitor atento consegue identificar os problemas e as lacunas mais frequentes e fica mais preparado para produzir melhores artigos para futuras submissões.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Ferreira, M. P., & Falaster, C. (1). Uma Análise Comparativa dos Fatores de Rejeição nos Periódicos de Diferentes Estratos de Administração. Revista De Administração Contemporânea, 20(4), 412-433. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2016140144
Seção
Artigos