Objective tests and their discriminating power in business courses: a case study



Artigo principal Conteúdo

Edgard B. Cornachione Jr

Resumo

Avaliar aprendizagem de alunos não pode ser considerada tarefa fácil. Este artigo objetiva investigar o desempenho geral de alunos e o poder discriminante de itens específicos de provas na área de negócios. O propósito deste artigo é o de contribuir com esta questão, ao analisá-la com abordagem científica, do ponto de vista de sistemas de informações contábeis: dois experimentos baseados em um curso de graduação sobre sistemas gerenciadores de banco de dados, envolvendo 66 e 62 alunos (experimentos E1 e E2, respectivamente). A análise discriminante gerou funções discriminantes com altas correlações canônicas (E1= 0,898 e E2= 0,789). Como resultado, um elevado número de casos foi corretamente classificado (E1= 98,5% e E2= 95,2%), baseando-se em um número relativamente pequeno de questões: 7 de um total de 22 questões em E1 (testes), e 3 de um total de 6 em E2 (respostas curtas). Assim, com base em poucas questões dos instrumentos analisados é possível discriminar corretamente o desempenho acadêmico, e esta é uma medida de qualidade dos instrumentos de avaliação observados. Com isso, especialmente na área de negócios, professores e instituições, juntos, são capazes de analisar e agir no sentido de aprimorar seus métodos de avaliação, para serem de mínima influência no instante da avaliação do desempenho dos alunos.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Cornachione Jr, E. B. (1). Objective tests and their discriminating power in business courses: a case study. Revista De Administração Contemporânea, 9(spe2), 80-94. https://doi.org/10.1590/S1415-65552005000600007
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Edgard B. Cornachione Jr, Universidade de São Paulo

Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (USP). Professor Associado/Livre Docente do Departamento de Contabilidade e Atuária e do Programa de Mestrado e Doutorado em Controladoria e Contabilidade da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP. Pesquisador no College of Education da University of Illinois em Urbana-Champaign. Sua área de interesse em pesquisa é tecnologia da educação na área de negócios.