Percepção de mudança organizacional: um estudo em uma organização pública brasileira



Artigo principal Conteúdo

Elaine Rabelo Neiva
Maria das Graças Torres da Paz

Resumo

Sendo a mudança organizacional um imperativo para as organizações na atualidade e tendo sua avaliação uma conotação muito complexa, o presente estudo objetivou avaliar a percepção de mudança organizacional conseqüente a um programa de mudança implantado. Foram os objetivos específicos: a) mensurar características organizacionais - valores organizacionais e configurações de poder - antes e depois de intervenções realizadas em uma organização pública brasileira; b) investigar a capacidade organizacional para a mudança e atitudes em relação à mudança, após as intervenções realizadas; c) investigar as mudanças individuais e organizacionais percebidas após a realização das intervenções. A aplicação dos instrumentos foi realizada antes e depois da implantação do referido programa, em dois momentos durante o período de quatro anos. Segundo dados encontrados, houve percepção de que a organização passou por mudanças na sua imagem externa, nos seus resultados e no desenvolvimento da competência profissional dos seus membros, mesmo havendo percepção de que a organização tem baixa capacidade para as mudanças. Os dados ainda revelaram que as atitudes dos indivíduos em relação à mudança foram de aceitação, mas também de temor. As características culturais da organização se mantiveram estáveis.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Neiva, E. R., & Paz, M. das G. T. da. (1). Percepção de mudança organizacional: um estudo em uma organização pública brasileira. Revista De Administração Contemporânea, 11(1), 31-52. https://doi.org/10.1590/S1415-65552007000100003
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Maria das Graças Torres da Paz, Universidade de São Paulo

Doutora em Psicologia pela Universidade de São Paulo. Professora dos Cursos de Graduação e Pós-graduação em Psicologia da Universidade Católica de Brasília e Pesquisadora Associada do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho da Universidade de Brasília. Seus temas de interesse em pesquisa são perfil cultural das organizações, poder organizacional e bem-estar pessoal nas organizações