O paradigma weberiano da ação social: um ensaio sobre a compreensão do sentido, a criação de tipos ideais e suas aplicações na teoria organizacional



Artigo principal Conteúdo

Lúcio Flávio Renault de Moraes
Antonio Del Maestro Filho
Devanir Vieira Dias

Resumo

Este trabalho foi elaborado com o propósito de resgatar e compreender o elo de ligação existente entre o pensamento weberiano e a teoria das organizações ocidentais, fortemente influenciadas pela ética capitalista. Apresenta as conexões causais e os tipos ideais e seu respectivo papel na elaboração de instrumentos de pesquisa em ciências sociais. A teoria weberiana considera as organizações como sistemas burocráticos, que constituem o ponto de partida para sociólogos e cientistas políticos no estudo das organizações. O trabalho aborda também a sociologia compreensiva da ação social e apresenta as características positivas e negativas da burocracia. Enfatiza ainda a dominação ideológica do capitalismo, que vem sendo cada vez mais reforçada pelos programas de treinamento e desenvolvimento nas empresas.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Moraes, L. F. R. de, Maestro Filho, A. D., & Dias, D. V. (1). O paradigma weberiano da ação social: um ensaio sobre a compreensão do sentido, a criação de tipos ideais e suas aplicações na teoria organizacional. Revista De Administração Contemporânea, 7(2), 57-71. https://doi.org/10.1590/S1415-65552003000200004
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Lúcio Flávio Renault de Moraes, Aston University

Pós-Doutorado em Comportamento Organizacional na Aston University, UK, e Doutorado em Comportamento Organizacional na United States International University, USA. Professor e Subcoordenador do Centro de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração da Universidade Federal de Minas Gerais, além de Coordenador do Núcleo de Estudos Avançados em Comportamento Organizacional. Suas áreas de interesse em pesquisa são comportamento organizacional, qualidade de vida e estresse no trabalho, comprometimento organizacional, gestão de recursos humanos.

Antonio Del Maestro Filho, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestre e Doutorando em Administração na Universidade Federal de Minas Gerais. Professor Assistente do Departamento de Ciências Administrativas e Pesquisador do Núcleo de Estudos Avançados em Comportamento Organizacional do Centro de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração da Universidade Federal de Minas Gerais, além de Consultor de Empresas. Suas áreas de interesse em pesquisa são qualidade de vida humana e qualidade de vida no trabalho, estresse organizacional, comportamento humano nas organizações, abordagem holística na administração, pedagogia do treinamento empresarial, comprometimento organizacional, habilidades e competências, cultura e clima organizacional.

Devanir Vieira Dias, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestre e Doutorando em Administração na Universidade Federal de Minas Gerais. Professor do Departamento de Ciências Administrativas e Pesquisador do Núcleo de Estudos Avançados em Comportamento Organizacional do Centro de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração da Universidade Federal de Minas Gerais, além de Consultor nas áreas de Organização e Administração. Suas áreas de interesse em pesquisa são práticas de gestão de pessoas, comprometimento organizacional, estratégia de negócios, customer relationship management (CRM).