Percepção dos funcionários sobre mudanças transacionais e transformacionais em uma organização pública



Artigo principal Conteúdo

Sérgio Gabriel Domingos
Elaine Rabelo Neiva

Resumo

Mudanças Transacionais alteram apenas alguns aspectos da organização. As Transformacionais são mais radicais, envolvendo a organização como um todo. A existência na organização de fatores de capacidade organizacional para mudanças pode exercer influência na ocorrência desses tipos de mudanças. Este trabalho avalia se a existência desses fatores influencia a percepção dos indivíduos sobre as mudanças transacionais e as transformacionais ocorridas num órgão público. A organização pesquisada é responsável pelas infraestruturas rodoviária, ferroviária e aquaviária, se passou por reestruturação, fusão e outras mudanças. Os dados (N=340) foram coletados na sede em Brasília, onde trabalham cerca de 450 indivíduos. Foram aplicados o Instrumento de Capacidade Organizacional para Mudanças - visando identificar a existência de fatores que facilitam a ocorrência de mudanças nas organizações -, e o Instrumento de Percepção de Mudanças Organizacionais, como medida para as mudanças organizacionais. Os resultados indicam que a estratégia de atuação, a dinâmica de coalizões e o fluxo de comunicação (R² = 0,35; p = 0, 011) são preditores de percepção de mudanças Transformacionais. O trabalho em grupo (R² = 0,16; p = 0, 001) aparece fracamente como preditor de mudanças do tipo Transacionais. A relevância da pesquisa está direcionada para aqueles que são responsáveis pela gestão administrativa de instituições públicas em processo de mudança.

Detalhes do artigo

Como Citar
Domingos, S. G., & Neiva, E. R. (1). Percepção dos funcionários sobre mudanças transacionais e transformacionais em uma organização pública. Revista De Administração Contemporânea, 18(2), 118-138. https://doi.org/10.1590/S1415-65552014000200002
Seção
Artigos