Percepção dos funcionários sobre mudanças transacionais e transformacionais em uma organização pública



Artigo principal Conteúdo

Sérgio Gabriel Domingos
Elaine Rabelo Neiva

Resumo

Mudanças Transacionais alteram apenas alguns aspectos da organização. As Transformacionais são mais radicais, envolvendo a organização como um todo. A existência na organização de fatores de capacidade organizacional para mudanças pode exercer influência na ocorrência desses tipos de mudanças. Este trabalho avalia se a existência desses fatores influencia a percepção dos indivíduos sobre as mudanças transacionais e as transformacionais ocorridas num órgão público. A organização pesquisada é responsável pelas infraestruturas rodoviária, ferroviária e aquaviária, se passou por reestruturação, fusão e outras mudanças. Os dados (N=340) foram coletados na sede em Brasília, onde trabalham cerca de 450 indivíduos. Foram aplicados o Instrumento de Capacidade Organizacional para Mudanças - visando identificar a existência de fatores que facilitam a ocorrência de mudanças nas organizações -, e o Instrumento de Percepção de Mudanças Organizacionais, como medida para as mudanças organizacionais. Os resultados indicam que a estratégia de atuação, a dinâmica de coalizões e o fluxo de comunicação (R² = 0,35; p = 0, 011) são preditores de percepção de mudanças Transformacionais. O trabalho em grupo (R² = 0,16; p = 0, 001) aparece fracamente como preditor de mudanças do tipo Transacionais. A relevância da pesquisa está direcionada para aqueles que são responsáveis pela gestão administrativa de instituições públicas em processo de mudança.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Domingos, S. G., & Neiva, E. R. (1). Percepção dos funcionários sobre mudanças transacionais e transformacionais em uma organização pública. Revista De Administração Contemporânea, 18(2), 118-138. https://doi.org/10.1590/S1415-65552014000200002
Seção
Artigos