[1]
F. Rocha Sobrinho e J. B. Porto, “Bem-estar no trabalho: um estudo sobre suas relações com clima social, coping e variáveis demográficas”, Rev. adm. contemp., vol. 16, nº 2, p. 253-270, 1.