[1]
S. O. de Almeida e W. M. Nique, “Encantamento do cliente: proposição de uma escala para mensuração do constructo”, Rev. adm. contemp., vol. 11, nº 4, p. 109-130, 1.