[1]
C. L. Machado-da-Silva e L. Rossoni, “Persistência e mudança de temas na estruturação do campo científico da estratégia em organizações no Brasil”, Rev. adm. contemp., vol. 11, nº 4, p. 33-58, 1.