[1]
M. de S. Bispo, “A Impossibilidade da Ciência Aberta sem Alteridade e Pluralidade Epistêmica”, Rev. adm. contemp., vol. 26, nº 2, p. e210246, set. 2021.