[1]
I. Mais, L. C. de Carvalho, e M. Amal, “Redes, inovação e desempenho exportador: uma abordagem institucional”, Rev. adm. contemp., vol. 18, nº 5, p. 551-576, 1.