O processo de formação de estratégias de manufatura em empresas brasileiras de médio e pequeno porte



Artigo principal Conteúdo

Carlos Alberto Corrêa
Henrique Luiz Corrêa

Resumo

A presente pesquisa é uma investigação exploratória, com o objetivo de melhor entender os processos de formação da estratégia de manufatura nas empresas brasileiras de médio e pequeno porte. Desenvolve-se uma matriz para o auxílio da tipificação e análise dos processos de formação de estratégias de manufatura, com uma dimensão representando o sentido predominante do processo (top-down ou bottom-up) e a outra, a consideração ou não da existência de trade-offs entre critérios de desempenho no processo de formação das estratégias de manufatura. Essa matriz é então aplicada na análise em profundidade de quatro estudos de caso de empresas brasileiras de médio porte. Conclusões são tiradas sobre como as empresas pesquisadas formam suas estratégias de operação em termos de (a) definição de prioridades competitivas; (b) estabelecimento de objetivos de desempenho para a manufatura; (c) priorização de programas de melhoramentos da manufatura; e (d) definição dos indicadores de eficácia da manufatura. É também proposta, entre outras, hipótese de existência de correlação entre os processos bottom-up de formação das estratégias e a contribuição da manufatura na competitividade da empresa.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Corrêa, C. A., & Corrêa, H. L. (1). O processo de formação de estratégias de manufatura em empresas brasileiras de médio e pequeno porte. Revista De Administração Contemporânea, 15(3), 454-475. https://doi.org/10.1590/S1415-65552011000300006
Seção
Artigos