Uma visão da empresa baseada em habilidades: contextos estratégicos e contingenciais



Artigo principal Conteúdo

Farley Simon Nobre
Andrew M Tobias
David S Walker

Resumo

Este artigo estende a metáfora da corporação, baseada na árvore, e propõe que a cognição representa a principal habilidade que contribui para nutrir o desenvolvimento de competências essenciais na organização. A partir dessa extensão, este trabalho levanta a seguinte questão: Qual é o papel ou função da cognição na organização que busca o desenvolvimento de competências essenciais e vantagem competitiva sustentável? Este artigo responde a esse problema, ao apresentar duas perspectivas, que contribuem para a introdução do campo da cognição organizacional nos domínios da visão da empresa, baseada em recursos, e da teoria da contingência. Em sua primeira perspectiva, este artigo propõe uma visão da organização baseada em habilidades, que está fundamentada em conceitos da empresa, baseada em recursos, e em capacidades dinâmicas. Em sua segunda perspectiva, este trabalho introduz uma visão contingencial da cognição organizacional, desenvolvida por meio de relações causais e proposições. Com base nessas perspectivas, esta pesquisa sustenta a tese de que a cognição é fonte de controle da incerteza ambiental e, de forma complementar, a cognição contribui para a criação da vantagem competitiva sustentável da organização.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Nobre, F. S., Tobias, A. M., & Walker, D. S. (1). Uma visão da empresa baseada em habilidades: contextos estratégicos e contingenciais. Revista De Administração Contemporânea, 15(3), 413-432. https://doi.org/10.1590/S1415-65552011000300004
Seção
Artigos