Editorial



Artigo principal Conteúdo

Tomás de Aquino Guimarães

Resumo

Esta Revista adota como política editorial publicar somente textos inéditos. Os artigos, documentos, casos de ensino, notas e resenhas bibliográficas submetidos à apreciação da RAC devem ser inéditos, nacional e internacionalmente, não estando sob consideração para publicação em nenhum outro veículo de divulgação. Essa regra é amplamente divulgada na forma impressa e na página eletrônica da Revista. No entanto, o artigo intitulado "Fundos de Pensão como Formadores de Poupança Interna", de autoria de Hudson Fernandes Amaral, Caroline Sales Issa Vilaça, Camila Figueiredo Marques Barbosa e Valéria Gama Fully Bressan, foi publicado, simultaneamente, na RAC e na Revista de Administração de Empresas (RAE), em suas edições de abril/junho de 2004. O artigo foi recebido na RAC em 02.06.03, quando já havia sido submetido à RAE em 31.01.03, com o título "Fundos de Pensão como Financiadores da Atividade Econômica". Apesar da diferença nos títulos e de diferenças cosméticas no conteúdo, a leitura atenta de ambos os textos permite concluir que o artigo é o mesmo. A Editoria da RAC enviou correspondências eletrônicas aos autores, solicitando explicações sobre o ocorrido e não obteve resposta. Assim sendo, esta Revista lamenta profundamente o ocorrido e deixa o julgamento da conduta dos autores do artigo para ser realizado pelos leitores.

A Seção Artigos deste número contém oito textos. O primeiro, de autoria de Gilberto Wildberger de Almeida e Ricardo Coutinho Mello, relata pesquisa realizada no Estado da Bahia, sobre o uso da Tecnologia de Informação por profissionais da área de saúde. No segundo, Geciane Silveira Porto, apoiada em pesquisa realizada junto a 128 empresas intensivas em tecnologia, discute o comportamento do decisor e características da decisão de desenvolvimento tecnológico em processo de cooperação universidade-empresa. Hilka Vier Machado e Cláudio Aurélio Hernandes discutem, no terceiro artigo, o processo de alteridade em expatriados e as suas implicações em situações de trabalho. No quarto artigo, Jean Philippe Palma Révillion, Antonio Domingos Padula, Luiz Carlos Federizzi, Orlando Martinelli Júnior e Vincent Mangematin, utilizando a abordagem dos Sistemas Setoriais de Inovação, analisam o processo da inovação tecnológica em agroindústrias processadoras de leite francesas. O quinto artigo, de Moisés Balassiano, Elvira Cruvinel Ferreira Ventura e Joaquim Rubens Fontes Filho, apresenta as principais mudanças no conceito de carreira e compara duas abordagens: a tradicional, na qual a carreira apóia-se em premissas como garantias de benefícios e segurança; e a moderna, segundo a qual o sucesso na carreira está associado à trajetória pessoal, expandindo-se o espaço de expressão para o campo pessoal, familiar e profissional. No sexto artigo, Ana Cristina Braga Martes e Carlos L. Rodriguez, com base em estudo realizado com brasileiros nos Estados Unidos, discutem as relações entre empreendedorismo étnico e religião e sugerem que as igrejas protestantes criam um ambiente mais favorável para esse tipo de empreendedorismo. Em seguida, o sétimo artigo, de autoria de Orlando Mansur Pereira e Walter Lee Ness Jr., utilizando dados de uma amostra de 61 empresas norte-americanas, propõe um modelo de regressão logística que estime a probabilidade de falência em empresas de comércio eletrônico. No oitavo artigo, Oscar Alfranca, Ruth Rama e Nicholas von Tunzelmann, analisam, apoiados em um painel de 18.611 patentes concedidas nos Estados Unidos a uma amostra de 90 empresas multinacionais de alimentos, como essas empresas combinam seus diversos conhecimentos técnicos.

Na Seção Casos de Ensino em Administração, a RAC apresenta o texto de Peter Fernandes Wanke, no qual o autor analisa transformações logísticas implementadas na Fábrica de Lubrificantes Caramuru e convida os leitores a analisar as implicações dessas mudanças em processos de ensino-aprendizagem.

A Seção Resenhas Bibliográficas se inicia com os comentários de Claudiani Waiandt acerca do livro Antropologia para Administradores de Neusa Rolita Cavedon, editado no Brasil pela UFRGS. Em seguida Ronaldo Bordin comenta o livro O Campo da Atenção à Saúde após a Constituição de 1988: uma Narrativa de sua Produção Social de autoria de Maria Ceci Misoczky, editado no Brasil pela DaCasa. São incluídas ainda nesse número quatro Notas Bibliográficas dos livros O Homem, o Arco e a Flecha: em Direção à Teoria Geral da Estratégia, de Luiz Fernando da Silva Pinto; O Novo Jogo dos Negócios de Shoshana Zuboff e James Maxmin; Tecnologias de Gestão: por uma Abordagem Multidisciplinar, de Mônica de Fátima Bianco, Gelson Silva Junquilho e Claudiani Waiandt; e Gestão Contemporânea de Pessoas: Novas Práticas, Conceitos Tradicionais organizado por Claudia Bitencourt.

Até o próximo número e boa leitura a todos.



Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Guimarães, T. de A. (1). Editorial. Revista De Administração Contemporânea, 8(3), 1-2. https://doi.org/10.1590/S1415-65552004000300001
Seção
Editorial