Reação dos investidores a bonificações e desdobramentos: o caso brasileiro



Artigo principal Conteúdo

Kelmara Mendes Vieira
Jairo Laser Procianoy

Resumo

Este artigo analisa a reação do mercado de capitais ao evento de bonificações e de desdobramentos de ações nas ações de empresas negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. Encontramos retornos positivos e significativos no entorno do primeiro dia de negociação ex-evento. Devido as características do mercado de capitais brasileiro e da economia, as hipóteses de sinalização, variação mínima de preços entre duas negociações e preço ótimo parecem não nos dar boas explicações e a hipótese de liquidez apresenta sinais ambíguos

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Vieira, K. M., & Procianoy, J. L. (1). Reação dos investidores a bonificações e desdobramentos: o caso brasileiro. Revista De Administração Contemporânea, 7(2), 9-33. https://doi.org/10.1590/S1415-65552003000200002
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Kelmara Mendes Vieira, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestre e Doutoranda em Administração na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora da Universidade Federal de Santa Maria. Suas áreas de interesse em pesquisa são finanças corporativas, finanças comportamentais. 

Jairo Laser Procianoy, Universidade de São Paulo

Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo. Professor Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Professor da Leonardo da Vinci Business School, além de Diretor da JLP Consultoria e Participações. Suas áreas de interesse em pesquisa são finanças corporativas, estrutura de capital, política de dividendos e teoria da agência.