Organizações Outras: Diálogos Entre a Teoria da Prática e a Abordagem Decolonial de Dussel



Artigo principal Conteúdo

Felipe Fróes Couto
Bruno Eduardo Freitas Honorato
Everton Rodrigues da Silva

Resumo

O objetivo deste ensaio é propor um alinhamento teórico possível entre o aporte dos estudos decoloniais latino-americanos – com ênfase no trabalho de Enrique Dussel – e a abordagem teórico-metodológica da teoria da prática, partindo de um entendimento específico do debate centro/periferia para adentrar a forma de capturar as organizações em sua localidade. O argumento central defendido aqui é que, partindo-se do pressuposto de que as organizações não acompanham modelos genéricos, neutros e supostamente universais, elas podem e devem ser capturadas dentro da localidade em que se realizam. Nesse sentido, propõe-se a abordagem decolonial como aporte teórico para aproximação das organizações em seu contexto e a teoria da prática como forma de conhecê-las em seu movimento cotidiano, habitual, corriqueiro e, por vezes, improvisado.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Couto, F. F., Honorato, B. E. F., & Silva, E. R. da. (2019). Organizações Outras: Diálogos Entre a Teoria da Prática e a Abordagem Decolonial de Dussel. Revista De Administração Contemporânea, 23(2), 249-267. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2019180057
Seção
Artigos